Lupita Nyong’o, o nosso reflexo

Lupita1

Oi, gente!

Pra quem não sabe, durante o carnaval, mais precisamente no dia 02 de março, ficamos sabendo de todos os vencedores do Oscar. E não dá pra deixar de falar de “12 anos de escravidão”, ganhando Oscar de melhor filme e Lupita Nyong’o, vencedora do Oscar de melhor atriz coadjuvante.
Não é a primeira vez que isso acontece. Denzel Wanshington com “Dia de Treinamento” e Forest Whitaker em “O último Rei da Escócia” são nomes de peso. Mas Lupita conseguiu roubar a atenção de muita gente [inclusive a minha] porque tem se mostrado ícone de beleza negra. Sim senhor! Sempre vista circulando pelos tapetes vermelhos com vestidos super coloridos e seu cabelo crespíssimo e super natural, a moça anda fazendo um sucesso e tanto.

Lupita Nyong'o para Dazed
Lupita Nyong’o para Dazed

Lupita Nyong’o é uma mexicana [Pois é!] de 31 anos [Brasil, e essa pele?]. Passou toda a sua infância no Quênia (seus pais são Quenianos), até voltar ao México aos 16 anos pra aprender espanhol. O pai é político importante no seu país natal e sua irmã, Isis Nyong’o Madison, foi considerada uma das 20 mulheres mais influentes da África pela revista Forbes. Estudou na School Of Drama da Universidade de Yale, e o filme “12 anos de escravidão” é o primeiro trabalho da atriz, que já lhe rendeu 26 prêmios nacionais e internacionais. Desde então, ela, seu cabelo natural e pele cor de noite tem reinado em diversas capas de revista e ensaios fotográficos.

Couture for Dujour Magazine
Couture for Dujour Magazine

Desde sua premiação como melhor atriz coadjuvante, tenho visto muitas entrevistas da moça. Mas nenhuma delas me deixou mais emocionada do que seu discurso no 7º Encontro de Mulheres Negras em Hollywood, da Essence. Lupita falou sobre aceitação da Beleza Negra e como lidou com isso. E quando ela fala de aceitação, ela não fala em se conformar com o que vê no espelho, e sim parar de seguir padrões que não são seus. Se olhar  e se agradar com o que vê. E o que é que eu falo aqui quase todos os dias? Exatamente isso!
Nada mais explica o fato de uma atriz de pele negra e cabelo crespíssimo natural estar coroando como ícone de beleza e inteligência do que auto-estima. Quando ela fala da “missão de ser bela por dentro” é o que penso quando digo pra vocês que precisamos começar a enxergar de dentro pra fora. Quando todos nós começarmos a fazer esse exercício, a expressão “padrão de beleza” muito provavelmente vai ser coisa do passado.

Abaixo o discurso:

Em tempo: a moça raspa a cabeça desde os 19 anos, quando cansou de usar tanta química nos fios. Antes disso ela fez vários relaxamentos, tingia os cabelos de azul, verde e e várias outras cores. 

Viva Lupita!

Anúncios

1 comentário Adicione o seu

  1. Tamara Gonzaga Pires disse:

    Obrigada por compartilhar em sua página um relato de amor próprio como este. Me emocionei bastante pois já me senti assim como ela quando adolescente, e a partir do momento que me enxerguei como bela fui e sou muito mais feliz.
    Lupita é muito linda. Eu sou muito linda. Todas nós somos muito lindas.
    Beijo a todas!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s