Meu Diário de Transição – Rachel Vianna

Oi, gente!
A Rachel tá de volta com mais um capítulo da transição. Bora conferir?

“Olá meninas, voltei com mais um Diário da Transição!

Como disse no post de apresentação, hoje vou falar sobre como tem sido os últimos 6 meses, desde que deixei de usar química. Como só comecei a escrever com 6 meses, nada mais justo do que vocês ficarem sabendo como me senti a cada mês com meu cabelo voltando à tona. Vamos lá?!

1º Mês

O último relaxante que apliquei foi no dia 10/10/2012, após ficar quase 4 meses sem usar química. Aquela tinha sido minha primeira tentativa de passar pela transição, mas como estava em uma fase difícil da minha vida, achei que não fosse uma boa tentar. Decidi que relaxaria o cabelo em outubro e depois em dezembro por ser o mês do meu aniversário e ter as festas de fim de ano.

2012-11-26 13.21.19

Como havia relaxado o cabelo em outubro e pretendia fazer o cabelo em dezembro, esse primeiro mês de transição foi muito tranquilo. Eu costumava fazer o cabelo a cada 2 meses, então não houve nenhum acontecimento ou sentimento diferente, até porque eu nem sabia que estava em transição.

 

2º Mês

Também foi um mês muito tranquilo. Por causa do calor, estava usando muito coque. Os cuidados com o cabelo continuavam os mesmos, pois só tinha 1.5, 2 dedos de raiz. Esse seria o mês em que faria o cabelo pela última vez, mas não pude fazer.

 2012-12-30 12.45.37

3º Mês

Foi o mês que decidi parar de fazer química de vez. No início até pensei em fazer o cabelo, mas lembrei que tinha prometido que janeiro de 2013 seria o início da minha libertação. De repente percebi que a transição já havia iniciado há três meses. Nessa época ainda usava muito coque, mas comecei a pesquisar mais sobre transição e os cuidados com os cabelos crespos. Aos poucos fui mostrando para a minha família a vontade de usar meu cabelo natural, mas não falei para ninguém (família e amigos) que a decisão já estava tomada.Os cuidados com o cabelo continuavam os mesmos, pois a parte com química era muito maior, por isso não mudei muito a rotina.

 2008-03-28 17.52.31 2013-01-15 15.51.02

 

4º Mês

Aqui começaram os problemas. Além da ansiedade que começou a gritar em níveis estratosféricos, meu cabelo começou a quebrar mais que o normal. Parei de usar coque, comecei a tomar vitamina e comprar outros produtos mais voltados para cabelo crespo. Foi uma fase muito difícil, pois as pontas do meu cabelo começaram a ficar muito feias, com aspecto de mortas, sabe? Decidi que daria um corte. Foi aí que percebi que o tempo que eu havia estipulado para tirar toda a química não ia acontecer. Eu queria ficar entre 1 ano e 1 ano e meio em transição para poder cortar todo o cabelo com química sem que ficasse muito curto. O primeiro corte seria feito com 7, 8 meses. No entanto, eu estava no 4 mês e já precisando cortar um pouco.

Tudo isso me desanimou bastante e pensei por diversas vezes em desistir. Foi quando descobri alguns grupos no Facebook. Isso me deu mais força para continuar.

 2013-02-18 12.05.16

5º Mês

Comecei o quinto mês cortando o cabelo para ver se parava um pouco a quebra dos fios. Foi um mês também muito difícil. Comecei a fazer o cronograma capilar e fui descobrindo algumas coisas. Por exemplo, óleo e bepantol nas máscaras deixam meu couro cabeludo oleoso, mas as pontas relaxadas ficam melhor. Como cortei o cabelo, tive muita dificuldade em ajeitá-lo, já que não dá para prender. Nesse sentido me arrependi de não manter o cabelo no comprimento anterior, ao menos dava para fazer coque.

 2013-03-11 18.09.06

6º Mês

Comecei o sexto mês muito de mal com o meu cabelo. Com vontade de jogar tudo para o alto e voltar a relaxar. Além de achar que o cabelo empacou e não está crescendo, ele ficou muito grosso, áspero e duro. Isso aí, gente. Ficou super duro. Comecei a sentir a necessidade de fazer o BC, pois não estou aguentando lidar com duas texturas. A diferença da raiz para o comprimento é muito grande e tá feio. Cortei as pontas mais uma vez para acertar o corte e agora ele está mais curto. Não tenho conseguido usar o cabelo sem estilizar com coquinhos. O problema é que as pontas estão embolando e quebram muito. Ou seja, não tem mais como correr. Cheguei a marcar o big chop para o fim desse mês, mas devo fazer mesmo quando completar 7 meses para as datas ficarem redondinhas :D.

 2013-04-03 14.26.46

É isso meninas, a ansiedade está crescendo e o frio na barriga também com essa decisão de cortar tudo. Confesso que estou com muito medo. Medo de não ficar bom, de achar meu cabelo feio, de me achar feia, pouco feminina. Medo do que minha família e amigos vão pensar. É muito medo para uma pessoa só, mas agora não tem como voltar atrás. Seis meses, centímetros de cabelo a menos, partes que já estão naturais. Não dá para desistir agora!

Como tem sido a transição de vocês? Deixem um comentário falando e podemos trocar dicas!

Beijos,

Rachel Vianna”

Anúncios

28 comentários Adicione o seu

  1. leticia disse:

    Ola, eu estou com 10 meses de transiçao,meu cabelo tambem esta quase a mesma coisa embola muito,eu estou doida pra cortar,dizem que a diferença de textura dos fios alisados para os naturais fazem embolar.Nao da para eu cortar agora porque estou ultilizando mega-hair,quando vc cortar me fala como que ficou se na hora de pentear facilitou e se cacheou mais,boa sorte amiga!!

    1. OI, Letícia!

      Pode ficar tranquila, que a Raquel vai contar tudo!

    2. Rachel Vianna disse:

      Letícia, realmente as duas texturas fazem com que o cabelo embole e é normal o cabelo quebrar bem no limite entre um e outro. Devo cortar semana que vem, mas pode deixar que farei um post contando tudo! O importante é saber que o BC não é o fim, mas sim uma nova fase rumo ao black livre. Beijos.

  2. Alessandra disse:

    Leticia , e Raquel , cortar não tem nada melhor , porque deixar o mesmo cabelo é outra coisa
    nao fica de dois jeitos . e mesmo que seja curtinho, dá pra ousar , com faixas , turbantes , e etc .

    Força no Big Chop !

    1. Uhuuuuuu!

      Força na Peruca!

    2. Rachel Vianna disse:

      Alessandra, já ando até testando o turbante! Logo eu que nunca me imaginei usando um. 😉 Beijos.

  3. ficou irado o cabelo da Rachel.Ficou mais linda.

    1. Ficou sim, Dudu! Falei isso pra ela! ;D

      1. Rachel Vianna disse:

        Só você para me dar essa força, Bárbara. ❤

      2. Estou comentando o que eu estou vendo! ❤

    2. Rachel Vianna disse:

      Gostou mesmo Dudu? Obrigada. :*

  4. Leticia disse:

    Obrigado pela força gente. Amei vcs ,fiquem com Deus.
    bjssssssssss

  5. Juliana disse:

    Olá Rachel! Bom a minha transição está sendo boa… Parece mentira né? rsrs mas não é!! estou no 7º mês, fiz um corte no 4º para o 5º mês… Faço “Pituchimhas” o famoso “coquinhos”… o resultado é muito satisfatório e por incrível que pareça estou recebendo muitos elogios… Boa Sorte!!! e não desiste…

  6. Vanessa Castilho disse:

    boa tarde lindona, já passei por isso, e sei o quanto esse processo pode ser angustiante, mas saiba que vale muito a pena, pois nada é mais bonito do que a beleza natural, seu cabelo combina com tudo em voce, e ao natural, tem mais personalidade, não desanime, se for preciso, corte tudo, tira logo essas pontas, tem umas vitaminas muito boas no mercado, consulta uma dermato, que ela vai te orientar, se joga e assume seu black, vai ficar lindo, tenho certeza, arrasa gata!

  7. Taynã Querino disse:

    Eu to na mesma situação q vc! A ultima vez q fiz relaxamento foi em dezembro de 2012,justamente por causa das festas de fim do ano.Agora no inicio de junho entro no sexto mês.Semana passada foi HORRIVEL pra mim,cheguei a ir no salão pra relaxar,a cabeleleira dividu meu cabelo e tudo,mas desisti.Morro de medo de nao ficar bom e de eu nao ficar bem… Eu to pensando em fazer uma permanente afro pra definir os cachos… E eu não sei até onde vou aguentar esses cabelos assim sem cortar! Amei sua historia pq ela e igual a minha! Kkk beijos

  8. olá meninas estou em fase de transição a 1 ano.Decidi por que eu penso que cabelo relaxado gasta muito em manutenção, e há anos que não estava tendo um resultado esperado.Bem, ano passado decidi não relaxá-los mais.Essa fase é difícil pois o cabelo já está danificado por causa da química.Então vi em um blog(beleza e saúde) que eu acompanho dicas sobre como cuidar de cabelos danificados,vi o cronograma capilar o fiz; e resultado meus cabelos pararam da cair e quebrar.Não sei se vocês sabem disso,mas, o cabelo pode estar precisando ou de hidratação ou nutrição ou reconstrução é necessário diferenciar para que se possa aplicar oum dos processos no mesmo,mas, sigam o cronograma capilar,por que para fazer a recontrução é necessário que o cabelo esteja hidratado,do contrário ele quebra e aí pode-se perder um excelente creme de reconstrução,pensando que ele não é bom,tem uma grande quantidade de mulheres no youtube mostrando os cremes para cabelos crespos desde hidratações,cremes de pentear, ampolas, xampus, condicionadores etc, um monte de coisas para nos ajudar a cuidar de nossos crespinhos.E sim, para os cabelos que estão embolando usem o ceme yamasterol(contém D- pantenol e babosa).Deus abençoe .Abraços espero ter ajudado.

    1. Cris, arrasou na explicação!
      Viu como o cronograma funciona? Tá de parabéns!
      Manda foto do seu antes e depois, pra gente te colocar no “mudança Radical”!

      Super Beijo!

  9. luciene disse:

    Adorei ,tambem estou passando por isso bjos

    1. Manda sua história e suas fotos pra gente, Luciene!

      Super beijo!

  10. Janaina Jaqueline Silva disse:

    Estou a 4 meses sem quimica e meu cabelo quebra demais, até pensei em desistir algumas vezes porque não consigo arrumá-lo ele deve estar com uns 4 ou 5 dedos de raiz e as pontas estão muito lisas e meu cabelo é grande me da uma dó de cortar e a coragem de usar ele pequeno não tenho. Acho que parte dessa queda pode ser stress e ansiosidade mais estou fazendo o cronograma capilar alem de usar também um produto da gota dourada que ta me ajudando contra a quebra e é isso ai firme e forte a gente consegue os cabelos de volta.
    Força na Peruca e bora continuar
    😀

  11. cintia disse:

    Também me encontro no período de transição,eu não aguentei aguardar o crescimento dele para poder retirar a quimíca,pois já não estava fazendo nem escova para não continuar agredido o fio…Hoje me sinto aliviada,mas não é fácil…!!!
    Graças a Deus tenho total ajuda do meu esposo,até foi ele que cortou…rsrsrsrsrs
    Gente,um conselho de amiga,corte,corte sem pensar no que os outros irão pensar de você,criticas irá ter,mas não estou tentando agradar ninguém com isso,e sim a mim mesmo!

    1. Que linda, cíntia!

      Manda sua foto do antes e do depois lá na fanpage, pra vc dar pinta por aqui!

  12. Luciene disse:

    O Rachel , meu cabelo está com 6 meses e 7 dias, está muitoo quebradiço e seco. Mais eu ainda não estou utilizando solto natural, passo chapinha nele toda semana, será que irá prejudicar os cabelos cacheado? por favoor me responda pra tirar esta angustia ://

    1. Luciene, tudo bem?

      A prancha vai quebrar ainda mais o seu cabelo, que já deve estar quebrando muito por conta da transição. Não era melhor cortar? Não tenha medo do curtinho, viu?

      Beijo!

  13. Thais Ferreira disse:

    Oi meninas, eu parei de relaxar em dezembro do ano passado, determinada a não usar mais. Ai depois dos 4 meses começou aquela pressão, o cabelo horrivel, quebrado, inchado.. tava me sentindo uma vassoura! Ai inventei de dar ferro(pente quente) no cabelo em junho,dai tirou os cachinhos. 😥
    Me arrependi e voltei ao foco. Tô no quarto mês determinada a continuar, sei que vai ser difícil mas é um preço que tenho que pagar.
    Já tenho 4cm já naturais,e como tenho cabelos curtos na altura do pescoço, optei por adiantar o processo, vou cortar essa semana. Tô tensa mas decidida! Bjus :*

    1. Ô, Thais! Força nessa peruca aí, hein?

      Vê se não desiste mais!
      E quando terminar a transição, manda foto do antes e depois pra gente, pra você dar pinta aqui no blog e inspirar um monte de gente que ainda tá sem coragem, ok?

      Super beijo!

  14. Lais disse:

    Oi pessoal.
    Primeiro Rachel eu quero dizer que sua história é igual a minha, e suas palavras me dão forças.
    Estou passando por uma transição tem 8 meses, estou com muita vontade de cortar, mas ainda tenho medo de ficar feio, não crescer e não cachear, até porque acho que ele não tem um bom crescimento rsrs… Sou louca para ter cabelos longos, mas o relaxamento acabou com eles…quero cortar ,porém já fiz de tudo pra convencer meu esposo, mas ele não concorda. E aí me da um bom conselho.

    1. Laís, tudo bem?

      A primeira coisa que você precisa entender é que seu cabelo é seu, e de mais ninguém!
      Se dá uma oportunidade de conhecer você mesma, do jeito que você é. Porque quem te ama tem que te amar desse jeito!

      Super beijo, e estamos aqui pro que precisar!
      Babi

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s