Cabelo Bombril ≠ Cabelo Crespo

Olha, vou dizer pra vocês:
Relutei, ao máximo, não postar nada aqui no blog. Juro que ia me limitar a dizer duas ou três palavras sobre o assunto, e ponto. Porque quando damos margem demais à esse tipo de coisa, acabamos promovendo sem querer.

Desfile de Ronaldo Fraga, no SPFW. Assisti a um WorkShop dele ano passado e gosto do trabalho dele. Sempre achei muito poético e fundamentado, mas não dessa vez. Antes de ver qualquer coisa, pra quem ainda não viu, as fotos:

Fonte: Revista Vogue
Fonte: Revista Vogue

dsc4779

A Revista Vogue chamou de “homenagem”. A Marie Claire [pedante e ignorantemente] chamou de “arte incompreendida”. Eu tenho dois adjetivos: PREGUIÇOSO E IGNORANTE.
Chamar de preconceito, na minha opinião, é muito óbvio. É Pouco e é previsível. A primeira coisa que, provavelmente, vai vir à cabeça de vocês, são os apelidos que sofreram durante a infância, certo? E eles eram bons? Claro que não. Já concluímos, de primeira, que de saudável e engraçado isso aí não tem nada.

Depois que passou o meu momento de indignação, pensei a mesma coisa do que quando vi aquele caso absurdo da Cadiveu, e de tantos outros casos: a falta de conhecimento sobre o cabelo crespo no meio profissional é de me deixar de queixo caído, certas vezes. É por isso que tantas pessoas que já passaram por aqui alisaram por tantos anos o próprio cabelo, é por isso que a maioria das modelos negras também usam cabelo alisado. Por pura ignorância dos profissionais. É muito mais fácil moldar uma peruca de palha de aço do que gastar horas no cabelo de uma modelo negra, certo? Triste, essa é a verdade.

Dessa ignorância toda, restou a preguiça de modelos enfiados dentro de uma peruca sem senso estético algum [na minha humilde opinião], e que poderiam ser simplesmente retratados com o próprio negro, pura e simplesmente. Maaaaaas, como muito bem lembrou a Salisa no Moda.Música.Cultura, Glória Coelho já disse o que os “stylists” acham dos negros nas passarelas: “na Fashion Week já tem muito negro costurando, fazendo modelagem, muitos com mãos de ouro, fazendo coisas lindas, tem negros assistentes, vendedoras, por que têm de estar na passarela?”.

Eu sou de uma família predominantemente negra. De negros inteligentes, lindos e que sabem exatamente o que a cor da pele representa (principalmente meu pai e minha mãe), e que tem muito orgulho disso. Fui criada entendendo que quem é preconceituoso é que está errado, à´margem e precisa de correção, e não eu. E queria muito que vocês digerissem isso da mesma maneira. Não sintam raiva. Preconceituosos são dignos de pena, nós não. E quem compartilha desse discurso feito, repetido e sem argumento de que o preconceito está no negro, é tão preguiçoso e ignorante quanto o preconceituoso assumido.

O que estamos vendo aqui, hoje, no blog, vai totalmente de encontro ao que vocês estão promovendo diariamente: uma onda de auto-conhecimento e de auto-estima que, se Deus quiser, só vai aumentar. Pessoas sem medo de serem naturais, de serem o que são, verdadeiramente. Não se abalem, não entristeçam, porque muito provavelmente ainda vamos encontrar casos bem piores do que esse. Pois o que vale mesmo é o que está dentro da gente. Nossa opinião sobre nós mesmos.

Pra passar uma borracha nesse registro triste, pobre e cheio de falta de conhecimento, deixo pra vocês o desfile que mais me emocionou até hoje. Confesso que já assisti mais de dez vezes, de tão lindo. Porque esse sim, representa pelo menos um pouquinho da nossa alegria, estilo, riqueza e beleza:

CAVALERA – VERÃO 13/14

E apesar de tudo e alguns, viva a nossa beleza única!
Pronto, desabafei!

Babi

Anúncios

8 comentários Adicione o seu

  1. salisa disse:

    clap clap clap!

    Obrigada por mencionar o MMC! Temos que falar sim! Não somos ignorantes. Temos uma historia e entendemos sim de arte!

    1. Não tem agradecer, é obrigação e inspiração!

      Obrigada à você, Sista!

  2. Manuela Gomes disse:

    Clap Clap Clap 2!!

    Baby, você já sabe que sou sua fã!!!

    Beijosssss

    1. Ô, querida… eu é que sou fã de vocês!

      Super beijo!

  3. Vanessa Carvalho disse:

    clap clap clap tbm!!!
    assino embaixo, Barbara.
    to cansada, com preguiça de tanta ignorancia. ainda sonho com o dia em que os seres humanos não serao mais diferenciados por causa do cabelo, dos olhos, da pele. seremos apenas pessoas.

  4. òtimo texto gata..
    acredito que é de certo a preguiça dita e a ignorância tbm…

  5. Esta, certamente, foi um dos assuntos mais comentados da semana. Muito bom ler opiniões e, acima de tudo, a valorização da beleza negra.

    Aliás, hoje é um dia bem especial para mim, já que fiz hoje o primeiro post no blog “Garotas Negras”.
    Mas, o que o blog “Garotas Negras” tem de diferencial?

    Ele não é um blog pessoal. Nele, não vou contar sobre a minha vida, mas sim será um espaço para as meninas (negras ou não) falarem sobre vários assuntos, como beleza, moda, saúde, bem-estar…

    Quero conhecer mais cada uma de vocês e saber como as garotas negras estão arrasando na Internet, já que têm muitos e muitos blogs dessas meninas.

    Será ótimo contar com a sua participação!

    Sempre que puder, também estarei aqui no seu blog para saber das últimas novidades.
    Espero você no blog “Garotas Negras” para a gente se conhecer melhor.

    Beijos e sucesso!

    1. Olá! Que bom que tem mais gente no nosso time!

      Sucesso e conte sempre que precisar!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s