Qual o seu Tipo de Cabelo Crespo?

E aí, maneiros? Tudo nos conformes?

Não falei que voltava rápido? Pois é!

Há umas duas ou três semanas atrás tava procurando na internet um corte de cabelo legal pra minha mãe, quando, muito sem querer, achei uma matéria super interessante falando sobre os vários tipos de cabelo crespo. E isso me fez crer mais ainda em como o cabelo crespo é muito mais diversificado do que eu imaginava.

Realizem: O Cabelo de Ana Paula Arósio é cacheado, correto? Sim. Mas podemos dizer que o cabelo dela é igual ao da Thaís Araújo? Claro que não. Porque são tipos de cabelos crespos diferentes.

Andre Walker, que já ganhou vários prêmios por conta do seu trabalho, criou um sistema de classificação (página oficial aqui!) que vai dos cabelos ondulados aos mais encarapinhados. E sabe o que é mais lindo disso tudo? Ajuda muito a gente a descobrir como tratar da cabeleira. Simbora organizar!

TIPO 2 – ONDULADOS 

2A (“Wavy Swavy”): tem o fio na forma de um “s” suavizado. Tende a ser fino e geralmente fácil de manejar. Não tende a armar, mesmo que esteja cortado em camadas. Os produtos -chave pra esse tipo de cabelo são mousse, gel e loções pra realçar os cachos (atentem: nos EUA, mesmo o cabelo sendo ondulado assim, quase liso, não se fala nesse monte de escova doida que rola por aqui…)

2B (“Wavy Curvy”): Os fios são realmente na forma de “S”, ou seja, mais ondulados do que o 2A. Tem mais brilho e também não tende a armar. Tendência maior ao frizz. Os produtos-chave pra esse tipo de cabelo também são mousse, gel e loções pra ativar os cachos.

2C (“Wavy Whirly”): São mais grossos, mais ondulados, e tem os cachos bem mais definidos. Também tem maior tendência ao frizz. Alguns cabelos desse tipo tendem a ter o fio mais liso, e outros mais encaracolados.

TIPO 3 – ENCARACOLADOS

3A (“Curly Twirly”): São os fios que tem forma de um “s” um pouco mais torcido. Os cachos são bem definidos, que se você esticar parece uma molinha. Os produtos mais indicados são os Leave-ins, pra definição dos cachos.

3B (“Curly Spirally”): Também tem cachos bem definidos e iguais, que variam de cachos em forma de mola, bem apertadinhos, aos cachos em forma de saca-rolha, que, na minha humilde opinião, eu chamaria de frisado. Não tende ao brilho e tem a textura bem grossa. Os produtos-chave são cremes leave-ins e géis para definição de cacho e redução do frizz.

3C (“Curly Coily”): Do tipo 3, é o que tem o cacho mais apertadinho, dos em forma de saca-rolha aos cacheados com circunferência do tamanho de um lápis. Esse tipo de cabelo crespo também é chamado de “kinky”, e tem textura densa, porque tem mais tendência a embolar, mas os fios geralmente são finos. Os produtos-chave são todos os hidratantes, desde os shampoos aos cremes. Umidificadores também são válidos.

4 – AFROS

Não é exatamente essa a palavra que o cabeleireiro usa pra definir lá no site. Sinceramente, não sei uma tradução exata pra palavra “coily”, mas esse é tipo que mais devemos prestar atenção… é o tipo de cabelo crespo que mais requer cuidados. De acordo com o site, esse tipo de cabelo crespo é o que tem menos camadas de cutículas, o que torna ele mais suscetível a danos diários, como sol, vento, pente, e possíveis tratamentos químicos.

4A (“Coily Springy”): Os cachinhos são tão apertados quanto pontos de crochê (jamais pensaria nisso pra definir ora vocês, juro! Achei o site incrível, de verdade). É muito frágil e geralmente fino. Os shampoos pra esse tipo de cabelo devem ser os que não tiram a oleosidade natural do cabelo, ou seja: primeiro, nada de lavar os cabelos todo dia. Em épocas de dias mais frios, só lavo três dias por semana. No verão, dia sim, dia não. Além disso, produtos que contenham compostos emolientes. O site recomenda uma hidratação profunda por semana. Eu digo mais: Uma profunda e uma com hidratante express (esses que agem em três minutos no máximo).

4B (“Coily Crimpy”): Os cachos geralmente tem forma de “z” e a textura de algodão. É bem enrolado e muito frágil, pode variar do fino ao grosso. Também é muito denso, por ser muito enrolado. Geralmente, o tamanho reduz em 75% de tão apertadinho que os cachos são. O tipo de tratamento é o mesmo que se deve ter com o 4A, com uma diferença: só desembarace o cabelo com condicionador, pra que o mesmo não quebre.

4C (“Coily Ziggly”): É a versão mais crespa do tipo 4B. Varia de muito fino à grosso e tem pouca definição. O comprimento chega a encolher mais do 75%. O tipo de tratamento é o mesmo do 4B, com uma diferença: hidratação profunda a cada três dias.

E aí? Conseguiram identificar?

O mais legal é que, se clicarmos em cada tipo de cabelo, ele já indica os produtos através de links, e acreditem: tem muita coisa interessante. De tônico para manter o couro cabeludo saudável até produtos que auxiliam a quem está fazendo em período de transição do cabelo relaxado para o natural! Quer dizer, criei amor eternoooo! Não só pelo site, mas pelo André Walker também!

Espero que ajude bastante!

Todo o carinho,

Babi